segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Texto 8: Os planos são para os pobres, mas o dinheiro vai para os ricos




Texto 9: Educação Básica - o grande desastre




quinta-feira, 2 de outubro de 2008

terça-feira, 30 de setembro de 2008

Ementa e Cronograma

1. Identificação

1.1. Disciplina: POLITICAS PÚBLICAS DA EDUCAÇÃO
1.2. Curso: Graduação em PEDAGOGIA, Período: 6º
1.3. Carga horária: 60 h
1.4. Ano/Semestre: 2008/2
1.5. Professor: Felisberto José Vasco Gonçalves
1.6. Horário de aulas: Segundas-feiras, 18:20 – 19:10;
19:10 – 20:00;
20:00 – 20:10 (Intervalo)
20:10 – 21:00


2. Ementa
Concepções teóricas de Estado e Educação. Políticas sociais e educação. Evolução dos sistemas de ensino. Crise do Estado de bem-estar-social e paradigmas em educação. Políticas educacionais e legislação de ensino. O ensino público e o privado. A gestão participativa. Educação e cidadania: o papel político e social da escola.

3. Contexto Acadêmico
Apresentar a estrutura e funcionamento da educação no Brasil, da Educação Básica à Educação Superior, seus antecedentes históricos e a realidade pós-88, enfatizando os principais valores, interesses e atores que interagem no Ciclo de Políticas de Públicas de Educação a partir da Constituição de 1988 e discutir as mais recentes tendências em políticas educacionais e seus impactos sociais. Sociedade, Estado e Educação. Analisar a política educacional no contexto das políticas públicas em face às perspectivas e tendências contemporâneas das políticas educacionais expressas nas reformas educacionais, na legislação de ensino e nos projetos educacionais. Políticas públicas de educação com ênfase na educação básica.

4. O plano de trabalho
O plano de trabalho objetivou a ampla utilização de multimídia e interação vivaz, de modo a suscitar e manter o interesse dos discentes. A partir da problematização dos assuntos abordados, os conteúdos serão desenvolvidos por meio de aulas dialogadas com apoio em textos e em recursos audiovisuais; preparo individual, subsidiado por material instrucional, como suporte para trabalhos em grupos; produção de cartazes, folders e blogs como meios modernos para expressão de idéias da turma; exploração de dados de notícias de jornais e revistas para a confecção de portfolio; depoimento de profissionais; uso de vídeos e filmes; produção de filmetes ou documentários, que ofereçam suporte para análise e confronto teórico-prático do contexto educacional; aplicação de dinâmicas de grupo, como instrumento reflexivo; estudo de casos e contextos escolares, para verificação e análise da realidade educacional a partir de elementos de pesquisa.

5. Cronograma

Data; Conteúdo; Nºaulas; Metodologia e Atividades avaliativas

04/8 - Apresentação e currículo do instrutor.
- Apresentação e discussão da Ementa.
- Aplicação de sondagem.
- “Concepção de Estado”.
- Formulários de sondagem, para melhor conhecer os alunos.
- Utilização da sala de multimídia. Projeção em Powerpoint: “Concepções teóricas de Estado”. Exposição e discussão.

11/8 Concepções de Estado (Cont.)

- Criação de BLOG da turma com a ementa, textos e vídeos em:
www.politicaspublicaseducacao.blogspot.com
- Utilização da sala de multimídia. Projeção em Powerpoint: “Concepções teóricas de Estado” (cont). Exposição e discussão. Atividade avaliativa: Produção textual sobre o tema: “Educação na Antiguidade – Otium cum dignitate”.(0,5 pts)

18/8 - História da Humanidade: breve revisão.
- Conceitos de Educação através dos tempos. Texto 3, Texto 4.
- Utilização da sala de multimídia. Projeção em Powerpoint: “História do Homem – Breve revisão e Linha do Tempo”.
- Trabalho em grupo: montagem da linha do tempo da Educação brasileira.

25/8 - Conceitos de Educação (cont.)
- Leitura do texto 6 em Grupo: “A Educação como questão nacional”, de Saviani. Discussão.
- Trabalho de leitura em grupo.
- Fichamento resumo e de citações.
- Avaliação parcial: Teste de múltipla escolha(valor: 1 pt).

01/9 - “As várias faces da ideologia”, texto11. Exposição e discussão.
- Leitura compartilhada e explanação
- Discussão de temas.

08/9 FERIADO MUNICIPAL

15/9 - “As várias faces da ideologia”, (cont.)
- Continuação da leitura participativa.
- Leitura e explanação de situações.
- Divisão de grupos para trabalhos em questões propsotas.

22/9 - “As várias faces da ideologia”.
- Estudo de grupo sobre a temática do texto.
- Apresentação das questões propostas pelos grupos.
- Avaliação das apresentações.

29/9 - Políticas educacionais e legislação de ensino. Leitura e anotações da Constituição Federal do Brasil.
- Utilização da sala de Informática;
- Estudo da Constituição on-line, em grupos de dois;
- Anotação dos artigos e legislação pertinente.

06/10 - Políticas educacionais e legislação de ensino. Leitura e anotações da LDB e da legislação complementar.
- Utilização da sala de Informática;
- Estudo da LDB on-line, em grupos de dois;
- Anotação dos artigos e legislação pertinente.

13/10
- Teste: parte I, múltipla escolha;
parte II, discursiva. Base bibliográfica: Texto 8 - Os planos são para os pobres, mas o dinheiro vai para os ricos (MOURA E CASTRO); e Texto 9 - Educação básica: o grande desastre (MOURA E CASTRO);
- Educação e cidadania: o papel político e social da escola.
- (Valor 5 pts, conforme normatizado pela Resolução 03/2006, aprovada pela Congregação de Cursos/ Conselho Acadêmico, respaldados pelo REGIMENTO GERAL da Instituição, arts. 20,89,90 e 91)

20/10 - A gestão participativa;
- Texto 10: “A solução é política”.
- Texto 12: “LDB –estratégia de resistência ativa”;
- Leitura em grupo e discussão dos temas;
- Discussão e contextualização;
- Produção textual, para casa (Sob avaliação).

27/10 - Políticas sociais e educação;
-Texto 2 : “Estado e políticas sociais”
- Leitura e discussão;
- Utilização da sala multimídia: 2 vídeos para estudo e comentários.

03/11 - Evolução dos sistemas de ensino.
- Texto 5: “Filosófica da educação e análise conceitual”.
- Leitura em grupo e apresentação sob forma de painel.

10/11 - Montagem de estudo de caso, conforme escolha do grupo de trabalho.
- Elaboração sob forma de projeto;
- Utilização da sala de multimídia: apresentação de seleção do PowerPoint sobre “Estudo de Caso como elemento da pesquisa”.

17/11 - O ensino público e privado;
- Estudo de textos (escolha entre): Texto 1 – “Estado, sociedade civil e legitimidade democrática” (Bresser Pereira)/Texto 7 – “Conceitos de educação no Brasil/Niskier” (Pinto/USP).
- Estudo de caso (cont.)
- Leitura compartilhada e discussão;
- Estudo de caso (Reunião de grupos).

24/11 - Crise do Estado de bem-estar-social e paradigmas em educação;
- Estudo de caso (cont.)
- Utilização da sala multimídia;
- textos para leitura compartilhada em PowerPoint;
- Estudo de caso (Reunião de grupos);

01/12 - Avaliação qualitativa
- Análise dos resultados e construção de BLOGs dos grupos.
- Avaliação qualitativa: ASSIDUIDADE, PARTICIPAÇÃO, MOTIVAÇÃO (1 ponto cada).
- Utilização da sala de Informática.

08/12 - Auto-avaliação, avaliação do grupo, avaliação do professor;
- Análise dos resultados e construção de BLOGs dos grupos (cont.)
- Auto-avaliação do grupo: 1 pt.
- Avaliação do grupo: 1 pt.
- Avaliação do professor pelo grupo.
- Utilização da sala de Informática.

15/12
- Prova final.
- Avaliação da prova final; valor: 5 pts.
- (Valor 5 pts, conforme normatizado pela Resolução 03/2006, aprovada pela Congregação de Cursos/ Conselho Acadêmico, respaldados pelo REGIMENTO GERAL da Instituição, arts. 20,89,90 e 91)

6. Freqüência, interesse e participação dos discentes
A freqüência do aluno, como estabelece a legislação escolar, será anotada diariamente no Diário de Classe, cabendo ao aluno não assíduo justificar-se ante a Secretaria do ISED em caso de falta às aulas por eventualidade fortuitas ou força maior. O interesse e a participação dos discentes serão observados e computados qualitativamente como parte do processo avaliativo. Algumas atividades em grupo como a confecção de pôster, folders, blog, portfolio, fichamento a partir de leituras de textos, produção de filmetes e documentários deverão ter comprovadas as participações dos indivíduos que compõem os grupos.

7. Sistema de avaliação
Conforme as normas vigentes na Instituição (Resolução Nº 03, de 2006), serão duas as notas de zero a dez: a) teste, valendo 5 pts; prova, valendo 5 pts; b) atividades, valendo 5 pts; qualitativo (assiduidade, participação, motivação, auto-avaliação, avaliação pelo grupo), perfazendo 5 pontos, 1 pt cada.

8. Referências Bibliográficas
A Nova Lei da Educação: trajetória, limites e perspectivas. Campinas: Autores Associados, 1997.

CASTRO, Cláudio de Moura. Educação Brasileira: consertos e remendos. Rio de Janeiro: Editora Rocco, 1994.

DEMO, Pedro. A Nova LDB – ranços e avanços. São Paulo: Papirus, 2000.

LIBÂNEO, J. C. Democratização da escola pública: a pedagogia crítico social dos conteúdos. São Paulo: Loyola, 1987.

SAVIANI, Demerval. Escola e Democracia. Campinas: Autores Associados, 1999.


9. Referências Complementares
Os vídeos, links e os textos utilizados durante o curso estão presentes no Blog da turma a partir do link: www.Politicaspublicaseducacao.blogspot.com .
Links para:
• Constituição da República Federativa do Brasil (1988)
• MEC- PDE (Plano de Desenvolvimento da Educação)
• MEC - Plano Nacional de Educação (PNE)
• MEC - Legislação Educacional
• LDB - Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LEI Nº 9.394, DE 20 DE DEZEMBRO DE 1996)
• MEC - Sites interessantes

10. Sugestões
Para que a Sala de Informática e a Sala Multimídia realmente sejam excelentes recursos didático-pedagógicos é necessário que se complete o estoque de programas utilitários no PC das salas, com versões gratuitas de aplicativos que podem ser baixados da Internet com segurança.

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Atividade: Observação e discussão do Globo Repórter de 12/10/2007 (segundo video, abaixo).

Produção textual:

1) “...o que eles sentem na pele é precisamente o que eles não querem que os filhos passem no futuro”, (Nilson Vieira Oliveira, Pesquisador do Instituto Braudel). O quê eles sentem na pele, que chamou a atenção do pesquisador?

2) “... ele vai só passando, passando...e no futuro vai prejudicar demais”, (Vera Lúcia Santana, mãe que trabalha fora). A quê exatamente essa mãe se refere?

3) “... e aí começa você questionar ‘o que adianta ter escola se (...) não está fazendo o seu propósito básico que é fazer as crianças aprenderem’...”. Qual é a opinião de seu grupo sobre o “propósito básico” da escola? (Você pode referenciar nossos textos, se quiser.)

4) “... ‘professores no passado eram mais valorizados do que hoje’, ‘...que os professores hoje ganham mal’. No entanto, ganhar bem não é sinônimo de ensinar melhor”. Comente.

Constituição Federal - Referências à Educação

EDUCAÇÃO
* acesso/ competência comum – art. 23, V – trabalhador adolescente; garantia – art. 227, § 3o, III
* ambiental; promoção – art. 225, § 1o, VI
* analfabetismo; erradicação – art. 214, I e ADCT art. 60, § 6o
* bolsas de estudo; ensino fundamental e médio – art. 213, § 1o
* Colégio Pedro II; órbita federal – art. 242, § 2o
* dever/ do Estado – art. 205 e art. 208 – da família – art. 205
* direito/ social art. 6o – de todos – art. 205
* ensino/ acesso; direito subjetivo – art. 206, I, e art. 208, V e § 1o – gratuidade em estabelecimentos oficiais; exceção – art. 206, IV e art. 242, caput – valorização dos profissionais – art. 206, V – garantia de qualidade – art. 206, VII – fundamental; obrigatório e gratuito – art. 208, I – médio; universalização progressiva e gratuidade – art. 208, II – noturno; oferta regular – art. 208, VI – fundamental; programas suplementares de atendimento – art. 208, VII – religioso; matrícula facultativa – art. 210, § 1o – língua portuguesa – art. 210, § 2o
* escolas públicas, comunitárias, confessionais ou filantrópicas; requisitos para recebimento dos recursos públicos – art. 213 e ADCT art. 61
* instituições sem fins lucrativos; impostos; vedação – art. 150, VI, “c” e § 4o
* liberdade e pluralismo – art. 206, II e III
* magistério público/ plano de carreira – art. 206, V – Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério – ADCT art. 60
* nacional; diretrizes e bases; competência privativa da União – art. 22, XXIV
* professores/ acumulação de cargos – art. 37, XVI, “a” e “b” – aposentadoria/ servidores públicos – art. 40, §§ 1o e 5o – segurados da previdência social – art. 201, §§ 7o e 8o e EC 20/98, art. 9o
* professores; nível superior; estabilidade; não-aplicabilidade da hipótese – ADCT art. 19, § 3o
* salário mínimo; atendimento às necessidades – art. 7o, IV
* Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – ADCT art. 62
* União, ou Estados, ou Distrito Federal, ou Municípios [ente ou entes federados]; ensino/ competência concorrente; legislação – art. 24, IX – observância do mínimo da receita de impostos na manutenção e desenvolvimento – art. 34, VII, – sistemas – art. 211 – fundamental; aplicação de recursos; programas suplementares; fontes adicionais de financiamento – art. 212 e ADCT art. 60 – programas de educação pré-escolar – art. 30, VI – plano nacional de educação; melhoria de qualidade – art. 214, III – vinculação de parcela da receita a entidades – art. 218, § 5o – História do Brasil; ensino – art. 242, § 1o
* universidades/ autonomia – art. 207, caput – pesquisa e extensão; apoio financeiro – art. 213, § 2o – professores, técnicos e cientistas estrangeiros; admissão – art. 207, §§ 1o e 2o

O tempo voa!

Porto Seguro

Alexandre Garcia critica sistema educacional do Brasil

Desafios da Educação (Globo Repórter, 12/10/2007)

Gestão de políticas Públicas - Parte 1

Gestão de Políticas Públicas - Parte 2